Alunos da rede estadual de SP terão aulas à distância por aplicativo



Enquanto as escolas não reabrem, o governo do estado de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (3) uma solução para educação à distância, que permitirá aos estudantes do território o acesso grátis a aulas ao vivo, videoaulas e outros conteúdos pedagógicos.

A nova plataforma é chamada de Centro de Mídias SP e deve agir como forma de mitigar o impacto no ano letivo dos alunos após as aulas estarem suspensas no estado desde o dia 23 de março. As aulas serão contabilizadas como parte do ano letivo a partir de 22 de abril, quando está programada o fim das férias, antecipadas pela Secretaria de Educação.

As aulas ao vivo serão transmitidas por meio de aplicativos de celular, que já estão disponíveis para Android (neste link) e para iOS (neste link). Para acessá-las, os estudantes e professores poderão fazer o login com os mesmos dados da Secretaria Escolar Digital (SED).

Para garantir que mesmo os alunos de baixa renda possam assistir às aulas, o governo também fechou uma parceria com as principais operadoras, Claro, Oi, Vivo e TIM, que permitirá acompanhar às aulas sem descontar dados do plano. Isso permite que o conteúdo seja acessível mesmo quando os créditos estiverem estourados. O custo será coberto pela secretaria de Educação.

Para manter esse sistema no ar, a Amazon se comprometeu a oferecer gratuitamente a plataforma em nuvem AWS, proporcionando uma infraestrutura em nuvem e de redes para as aulas.

Complementando a iniciativa de educação à distância neste momento de coronavírus, o governo de SP também anunciou parceria com a TV Cultura, com transmissão de aulas pela TV. O material será exibido no canal digital 2.3, referente à TV Cultura Educação.


Fonte
Data da Publicação Original: 3 April 2020 | 10:20 pm


You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *