Covid-19: Brasil registra mais de 15 mil mortes; casos somam 233.142



[Atualização] O Ministério da Saúde atualizou, na noite deste sábado (16), os dados sobre a pandemia do novo coronavírus no país. Até o momento, são 15.633 óbitos registrados e 233.142 casos confirmados. A taxa de letalidade é de 6,7%.

Em 24 horas, 14.919 novos casos da doença foram confirmados. No mesmo período, foram contabilizadas 816 mortes.

O Brasil se tornou o 6º país do mundo com mais casos, ultrapassando a França (com mais de 178 mil infecções pelo novo coronavírus) na quarta-feira (13). Segundo levantamento feito pela universidade americana Johns Hopkins, o país fica atrás apenas da Itália, Espanha, Reino Unido, Rússia e EUA.

Reprodução

Ministério da Saúde atualiza situação do coronavírus no Brasil (16/05/2020). Imagem: Ministério da Saúde 

Quarentena estendida

A fim de conter o avanço da doença, o governo de São Paulo ampliou a quarentena no estado até dia 31 de maio. Seguindo o anúncio do governador, o prefeito Bruno Covas afirmou que o período de isolamento também será estendido na capital pelo mesmo período. 

Situação no mundo

O novo coronavírus já infectou mais de 4,4 milhões de pessoas em todo o mundo, um marco alcançado apenas seis meses depois de ter surgido na cidade chinesa de Wuhan. O número de mortos pela Covid-19 alcançou a marca de 302 mil mundialmente. Mais de 1,5 milhão de pessoas se recuperaram da doença.

Impacto regulatório

A InteliGov, startup de monitoramento parlamentar, criou um site com monitoramento automático e parametrizado do Diário Oficial da União e do Legislativo (federal, estadual e municipal) em tempos de crise. Nele, é possível ver todas as menções à Covid-19 no Diário Oficial da União (DOU).

Pioneira na automação do monitoramento de informações governamentais, a InteliGov usa sua tecnologia para atualizar automaticamente as informações a cada hora, no caso do DOU, e diariamente, quanto às iniciativas do Legislativo.

Todo material disponível é gratuito, e dividido em duas categorias: ‘publicações na imprensa oficial’ e ‘proposições legislativas’.


Fonte
Data da Publicação Original: 16 May 2020 | 10:00 pm


You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *