Darkflix lança plataforma de streaming atualizada com o melhor do terror


Adora um bom serviço de streaming, mas sente que seu gosto é muito mais dark que o dos catálogos oferecidos pelas principais plataformas? Calma, você não está sozinho! Agora existe uma plataforma perfeita para você que tem “gostos muito peculiares”.

A Darkflix é a primeira plataforma de streaming brasileira dedicada inteiramente a gêneros fantásticos: terror, ficção científica e fantasia. Ela existe desde 2019, quando surgiu como canal de TV e app, disponibilizando o número deliciosamente simbólico de 666 títulos para fãs de terror e similares. Agora a Darkflix ampliou seus serviços e oferece o formato de assinatura pelo valor mensal de R$ 9,90, com possibilidade de teste gratuito por um período de 7 dias.

Imagem: Darkflix

Esse é mais um passo no sentido de fazer fortalecer a Darkflix, que pretende entrar no ramo de produções originais em parceria com produtores brasileiros independentes e produtoras mexicanas. Além de “consolidar uma base sólida de fãs”, como indicou a própria Darkflix em sua divulgação, este pode ser um grande passo para o fomento do cinema de gênero no Brasil.


Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!

Somado ao apoio recebido por parte daqueles que acreditam no potencial do fandom de histórias fantásticas, a Darkflix tem realizado um trabalho de curadoria de mais de cinco anos, que resultou em um catálogo com o que há de melhor do gênero ao redor do mundo.

Imagem: Darkflix

Segundo informações oficiais, “a equipe de curadoria trabalhou com um número aproximado de 3.500 produções, das quais 2.000 já foram selecionadas e estão à disposição para lançamentos futuros.”

Nesta semana, seis novos grandes filmes serão lançados, um por dia, na plataforma, seguindo o seguinte calendário:

  • 13/04 – Espiral (1998), de George Iida
  • 14/04 – O Aprendiz (1998), de Bryan Singer
  • 15/04 – As Uvas da Morte (1978), de Jean Rollin
  • 16/04 – Uma Lâmina no Escuro (1983, Lamberto Bava)
  • 17/04 – Lívido (2011), de Julien Maury e Alexandre Bustillo
  • 18/04 – Holocausto Zumbi (1980), de Marino Girolami

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:


Fonte Laísa Trojaike
Data da Publicação Original: 14 April 2020 | 1:38 pm


You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *