Facebook: como diminuir as notificações de sugestões de amizade


As sugestões de amizade no Facebook podem ser bem úteis na hora de adicionar conhecidos ou conhecer pessoas interessantes que tenham amigos em comum. No entanto, recebê-las a todo o momento pode ser um pouco cansativo.

Se você já tentou desativar esse recurso, saiba que, embora não seja possível deixar de receber sugestões completamente, existe um “truque” que pode diminuir a quantidade delas.

O tutorial abaixo só pode ser feito na versão mobile do Facebook, pois envolve a integração de seus contatos com a rede social:


Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.

Passo 1: abra o Facebook Mobile e toque no ícone de três barras localizado no canto superior direito da tela.

Passo 2: acesse as configurações abaixo de “Configurações e privacidade”.

Passo 3: desça a tela até encontrar a opção “Mídia e contatos”. Depois, toque nela.

Passo 4: no Android, desative a opção “Carregamento contínuo de contatos” (caso você tenha um iPhone, basta selecionar “Carregar contatos” e desativar “Carregamento de contatos”).

Pronto. A partir daí, suas sugestões de amizade no Facebook devem começar a diminuir.

Para não aparecer na sugestão de amizade do Facebook de estranhos

Passo 1: acesse o Facebook e, depois, suas configurações.

Passo 2: clique na opção “Privacidade”, na barra do lado esquerdo da tela.

Passo 3: na seção “Como as pessoas encontram você e entram em contato”, clique em “Editar” ao lado de “Quem pode lhe enviar solicitações de amizade?”

Passo 4: por fim, escolha a opção “Amigos de amigos”. A partir desse momento, somente pessoas que tiverem algum amigo seu na lista poderão lhe enviar convites e, consequentemente, você aparecerá menos nas sugestões de amizade do Facebook.

Você sabia que era possível diminuir a quantidade de sugestões de amizade do Facebook? Conte pra gente nos comentários.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:


Fonte Ariane Velasco
Data da Publicação Original: 4 April 2020 | 1:00 am


You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *