Programação Orientada a Objetos: por que aprender isso?


A Programação Orientada a Objetos (POO, para os íntimos) não é uma
linguagem de programação, não é uma plataforma de programação, não é um
tipo de programa, é um paradigma de programação. A grosso modo, é um
jeito de programar representando o que existe no mundo real: objetos,
que possuem características e ações.

Atualmente, a maioria das tecnologias utilizadas no mercado usa os
conceitos de POO, tais como: Java, C#.NET, VB.NET, JavaScript, Python,
PHP, entre outras. E não é só por isso que você deve aprender POO, mas
também porque hoje as empresas utilizam diferentes frameworks (por
exemplo: Spring, Hibernate, Struts, etc.) para conseguirem acelerar o
desenvolvimento de software, e esses frameworks são construídos com os
conceitos de Programação Orientada a Objetos.

Se você está aprendendo Java no curso técnico ou na faculdade e está
ficando traumatizado, o principal motivo do seu trauma é que estão
faltando os conceitos de POO.

Essa “dor” é maior para quem vem de outros paradigmas de programação
como programação estruturada. Muitas vezes tenta-se aplicar conceitos de
paradigmas antigos (como variáveis globais, por exemplo) e o código que
era para ser orientado a objetos, bonitinho, fica uma mistura de um
pouquinho de POO com um monte de “funções” empacotadas em classes.

Ah se o mundo soubesse o poder de programar utilizando os conceitos
corretos de POO somado a Design Patterns.

Então, se você quiser aprender POO, eu indico o canal do
youtube
do meu amigo Leandro Guarino. Neste
canal tem um curso de Programação Orientada a
Objetos. Lá você também encontrará vídeo-aulas de outros assuntos de
programação.

canal-youtube-programacao-orientada-a-objetos

O Leandro é aluno de doutorado no INPE e professor universitário. Tem
uma didática muito boa e ensina como se estivesse conversando com um
amigo numa mesa de bar, então se você quer aprender Programação
Orientada a Objetos sem sofrimentos a hora é agora. Você pode clicar
AQUI
para ir direto para as aulas do curso.

Bons estudos!


Fonte Gustavo Furtado de Oliveira Alves
Data da Publicação Original: 26 April 2016 | 2:40 pm


You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *