O que o BBB20 nos ensina sobre Marketing de Influência


Preciso tirar o chapéu pra Rede Globo. Depois de anos sem assistir BBB, parte pela fórmula desgastada do programa, parte pela minha própria maturidade, eu estou novamente interessada pelo reality show mais longevo da televisão brasileira.

A estratégia de incluir personalidades da internet se mostrou certeira: tem atraído um público que não tinha mais o hábito de ver TV e oferecido oportunidade de sobra pra gente analisar como profissionais que lucram com sua imagem tiram proveito (ou não) da exposição em rede nacional.

Manu Gavassi, a melhor estrategista até agora

Em uma semana de programa, já temos dois cases claros de influenciadoras que arquitetaram seus projetos de modo a interagir perfeitamente com o programa – mesmo estando confinadas lá dentro, alheias à repercussão.

A equipe de Manu Gavassi tem postado diariamente vídeos no seu IGTV como uma segunda temporada de um projeto que já tinha no Youtube, o Garota Errada. Nos vídeos inéditos, a atriz e cantora brinca com o fato de estar isolada em um “retiro espiritual.” De forma inteligente e bem humorada, ela tira sarro de si mesma pela decisão de entrar em um reality show e adota o tom debochado que se esperaria de uma personagem que, definitivamente, não tem o perfil de outros participantes do programa.

Pra colocar a estratégia em prática, ela gravou 93 vídeos antes de entrar no programa – apostando na possibilidade de ficar até o final do reality e ter conteúdo diário pra manter suas redes ativas. Ontem mesmo, lançou um videoclipe novo no Youtube pra celebrar que sobreviveu a uma semana no BBB. Parece estar funcionando: ela é a participante que mais ganhou seguidores desde o início do programa (já superou 1 milhão de novos inscritos!) e, no dia 22/01, bateu o recorde de maior número de follows (novos seguidores) no Instagram em 24h no mundo.

Sem contar que, vamos combinar, quem acompanha os memes no Twitter já está bem de olho na estratégia da artista de fazer caras e bocas com potencial de viralizar na internet. Alguns dos gifs mais icônicos desta edição vieram de suas atuações desajeitadas nos primeiros dias, como o exercício sem sentido que fez na academia ou a estratégia de ficar totalmente imóvel durante a prova do líder. Pra mim, nada é por acaso na performance de uma artista que nasceu e cresceu na internet.

A título de curiosidade: no site Social Blade é possível ver quantos seguidores Manu ganhou no Instagram desde o dia em que foi anunciada como participante do reality (19/01).

E o look do dia invadindo o BBB?

Já Bianca Andrade, conhecida nas redes como Boca Rosa, usou no domingo (um dos dias de maior audiência do programa) o mesmo look de uma publicidade que sua equipe postou no Instagram. Imagina só que oportunidade bacana pra marca que pagou pelo #publi em sua página no Instagram poder aparecer em um dos programas de maior audiência da Globo!

Bianca já declarou algumas vezes que seu maior objetivo ao entrar no reality é divulgar sua linha de maquiagem. Seja intencional ou não, a verdade é que a estratégia já está funcionando: um dos comentários mais recorrentes após a briga que teve no programa foi a durabilidade da maquiagem nos olhos até depois do maior chororô na casa. Incrível como até uma briga – que teoricamente poderia abalar a reputação da influenciadora – pode ser aproveitada como oportunidade comercial.

Bianca já era a influenciadora com mais seguidores no Instagram no início do programa, mas ainda assim a exposição tem tido um impacto imenso em seus números na rede:

O papel de uma boa equipe de marketing

Cabe às equipes de marketing dos influenciadores aproveitarem as oportunidades para potencializar o alcance aqui fora. Ainda que tenham deixado conteúdos preparados, as influenciadoras não têm como prever como será o desenrolar do programa ao longo das próximas semanas. Será que as estratégias que pensaram com meses de antecedência ainda farão sentido?

E que outras oportunidades poderão surgir de forma inesperada, como a maquiagem à prova d’água? Isso vale também pro gerenciamento de crises, porque é inevitável: qualquer pessoa filmada 24h por dia está sujeita a fazer ou falar uma bobagem que pode repercutir mal. E, a julgar por esses primeiros dias, algumas pessoas estão muito mais sujeitas do que outras.

E onde fica a Rede Globo nisso?

Imagem: reprodução TV Globo

O fato de influenciadores estarem aproveitando a exposição para alavancar seus negócios fora da TV não deve ser motivo de desconforto pra emissora. Até porque não se pode dizer que eles se deram mal: além de recuperar o interesse em um programa um tanto desgastado, os convidados famosos foram garantia de um plano comercial polpudíssimo.

Antes mesmo da estréia do programa, a rede já tinha embolsado quase R$ 256 milhões com os cinco patrocinadores oficiais do BBB: Burguer King, Faculdades Anhanguera, PicPay, Americanas e Claro. Isso sem contar patrocinadores menores, como a Go Case, que forneceu as mochilas dos participantes e está comercializando a coleção exclusiva.

Eu não sei vocês, mas eu sempre fico curiosa com como as equipes comerciais vão inserir os patrocinadores ao longo das provas e atrações do programa. Deixando o preconceito de lado, o BBB pode ser um bom laboratório pra estudar estratégias de marketing, de relacionamento e de gerenciamento de crises. Agora, com essa simbiose maior com a internet, eu estarei de olho!

E vocês, têm interesse em como marcas e participantes usam o reality show para alavancar seus negócios?

*

Se você gostou deste texto, leia também:

O valor dos microinfluenciadores

Como deve ser o mídia kit de blogueiros e influenciadores

Quer receber textos exclusivos e novidades por e-mail? Cadastre-se na minha newsletter! Eu prometo jamais compartilhar seu dados com terceiros. #tamojunto

O post O que o BBB20 nos ensina sobre Marketing de Influência apareceu primeiro em Delicia de Blog.


Fonte Raíra Venturieri
Data da Publicação Original: 29 January 2020 | 12:00 pm


You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *